SERTÃO DO RIBEIRÃO: SIMPLICIDADE E ABUNDÂNCIA

SERTÃO DO RIBEIRÃO: SIMPLICIDADE E ABUNDÂNCIA

Sigo em busca das comunidades, visitar amigos, conhecer pessoas, lugares, paisagens e culturas com a minha bike e a Triskel. Nas minhas andanças – ou melhor, “pedalanças” – sempre visito amigos. Seus ofícios são variados,  podem ser produtores rurais, produtores de cerveja, cachaça, pão, dentre outras coisas; mas são todas pessoas queridas que estão empenhados em mostrar suas paixões e ofícios, em compartilhar seus espaços com pessoas sensíveis, que queiram vivenciar o que de há de mais sublime na ilha: a natureza, a fauna, a flora, a mata, comida de fogão de lenha, banho de cachoeira, andar, prosear, trocar aprendizados e interagir com as  comunidades.

Minha primeira parada é na Comunidade Barreiros do Ribeirão da Ilha, comumente conhecido como Sertão do Ribeirão: vida na roça, PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), agroflorestas, agricultura familiar, áreas preservadas, tradição e muita gentileza. Lá ficam alguns lugares especiais: o Sítio Café Hortencio, o Sítio Florbela e a Cachaçaria Indaiá. Juntos, estamos desenvolvendo roteiros de passeios, que incluem toda a logística necessária, definindo as melhores datas do ano para uma vivência única e todas atividades que podem ser incluídas nessa experiência. É com parcerias assim, com produtores locais, que fazemos do turismo algo responsável e sustentável. Vou contar um pouco mais sobre cada um deles nos meus próximos posts.

Agora, um pouco mais sobre o Sertão do Ribeirão, um recanto que abriga uma paisagem linda e  pessoas muito talentosas!

 

DCIM/100MEDIA/DJI_0444.JPG

 

 “A comunidade está localizada a cerca de 26 km do centro de Florianópolis, e conta com  cerca de 200 moradores. Muitos tiram seu sustento da lavoura, da produção de farinha de mandioca, da criação de animais e da produção de cachaça.

É uma comunidade que persiste com sua cultura, tradição e crenças, em uma época em que as pessoas lutavam por sua sobrevivência com a venda de seus produtos artesanais, transportados no lombo do cavalo, por um caminho longo e infestado de mosquitos com picadas dolorosas.

Hoje, apesar do crescimento da população e do avanço da tecnologia, o Sertão é um recanto que cresce lentamente, e que conta sua história no andar dos carros de boi, trazendo para os visitantes uma experiência que remete ao passado.

A tradição das festas antigas reviveu em abril de 2015, após a reforma da igreja de Nossa Senhora de Lurdes Nossa Padroeira, com direito a missa, almoço e baile da tarde.

No mês de outubro ou novembro, festejam a Festa da Santa Cruz, um marco para a comunidade no ano de 1923.

Nos meses de Dezembro a Janeiro, a Comunidade realiza uma das mais antigas tradições: a Cantoria do terno de Reis. Com alegria, os foliões passam de casa em casa cantando e bebendo Consertada uma bebida típica do nosso litoral”.

Enfim.. entre paisagens, gentilezas, sabores e uma comunidade encantadora, é fácil se apaixonar pelo Sertão.

A Triskel Bike leva você de bike ou de carro para realizar estas vivências. O passeio pode ser de um ou de vários dias, podendo inclusive se hospedar na região. A quantidade mínima de participantes é de 2 pessoas, sendo que grupos de 4 ou mais e família recebem um desconto especial. Para saber mais, entre em contato, faremos uma proposta personalizada!

Um beijo, Lica!

www.trisklebike.com.br

+55 48 996330090

Related Posts

Enter your keyword